0490 - Mulher Sem Razão - Adriana Calcanhotto [2008]


Mais uma da série “é cover e não sabíamos”. E desta vez, mais uma regravação nacional que fez mais sucesso que a canção original. Trata-se de Mulher Sem Razão composição de Cazuza em parceria com Bebel Gilberto e Dé Palmeira. Essa canção foi feita no ano de 1986, porém foi lançada somente em 1989 no último disco solo de estúdio de Cazuza, Burguesia.

A letra traz uma mensagem bem direta: um homem aponta os enganos que uma certa mulher está vivendo e, a fim de persuadi-la a seguir com ele, tenta convece-la a "ouvir o seu coração".

Pensando na discografia de Cazuza, Mulher Sem Razão possui um contraponto interessante quando a comparamos com a canção Faz parte do meu show – composição de Cazuza em parceria com Renato Ladeira lançada em 1988 no álbum Ideologia. Enquanto o eu lírico de "Faz parte do meu show" mente para a moça, pois não pretende cumprir tuas promessas, mas o faz no intuito de protegê-la da solidão, em "Mulher Sem Razão" o sujeito tenta fazer com que a moça saia de um “conto de fadas” e “caia na realidade”, mostrando que os outros homens não a tratam como ele a trata, como alguém que pode dar amor de verdade a ela. Então fica aqui uma dúvida: seria o eu lírico de "Faz parte do meu show" um "desses homens" que tratam a "Mulher Sem Razão" como um "vento que passou"?  

A interpretação de Cazuza é como sempre incomparável. Destaque também para os solos de guitarra e o arranjo mais “puxado” para jazz fusion ou jazz-funk empregados nessa gravação.


Há 2 semanas o nosso novo colaborador CJ Gueiros fez sua primeira playlist 10 Covers no nosso perfil no Spotify justamente selecionando versões de músicas originalmente lançadas por Cazuza. E para minha surpresa ao pesquisar sobre covers de Cazuza, descobrimos justamente que Mulher Sem Razão na interpretação da cantora e compositora Adriana Calcanhotto é na verdade uma cover.

Adriana a regravou em 2008 para o disco Maré e se tornou um dos grandes sucessos de sua carreira. A versão foi incluída na trilha sonora da novela da Rede Globo A Favorita como tema do casal Donatella Fontini (Claudia Raia) e Zé Bob (Carmo Dalla Vecchia).

Essa cover possui um arranjo mais acústico que combina bem com o estilo da artista gaúcha. Podemos perceber também um trombone que se apresenta nos momentos cruciais da composição, dando uma certa pungência à música. 


Me lembro de ter ouvido pela primeira vez Mulher Sem Razão na voz da Adriana Calcanhotto anos atrás numa rádio FM daqui da região onde moro. Para mim, foi uma surpresa saber que é uma cover. E que bom saber que a original é do Cazuza. 

Postar um comentário

0 Comentários
* Por favor, não publique Spam. Todos os comentários são revisados pelos administradores.