Cover History - A origem e a versões da canção Lemon Tree

Como Meu Limão, Meu Limoeiro, uma música do folclore brasileiro, foi parar nos Estados Unidos, e posteriormente se tornou um sucesso, sendo regravado por lendários artistas, virando jingle de comerciais e até aparecendo em episódios de séries de TV? Bom, vamos aos fatos que logo descobriremos… 

Já comentamos numa publicação anterior que Meu Limão Meu Limoeiro é na verdade uma canção folclórica do nordeste brasileiro, muito provavelmente original da Bahia. A canção foi “colhida” pela primeira vez em 1910 pela pianista Carolina Cardoso de Menezes e pelo letrista Francisco Pereira, recebendo versos adicionais ao famoso refrão. A primeira versão foi gravada por Jorge Fernandes em 1937. Contudo, quase na mesma época, José Carlos Burle fez sua versão de Meu Limão, Meu Limoeiro, colocando versos diferentes da letra de Carolina Menezes e Francisco Pereira. A partir de então esta música foi regravada por mais de uma centena de vezes, por diferentes artistas ao redor do mundo, quase sempre dando os créditos a José Carlos Burle (e às vezes a Carlos Imperial de forma errônea). A versão mais famosa aqui no Brasil é sem dúvida nenhuma a de Wilson Simonal lançada em 1966.


Ainda no final dos anos 1950, de alguma forma este rebento do folclore brasileiro chegou as terras do tio Sam. Naquela época uma dupla chamada Gene & Francesca gravou alguns álbuns onde incorporavam a raízes da sonoridade folk norte-americana em músicas folclóricas do mundo inteiro com letras adaptadas para o inglês. Foi graças as gravações e apresentações de Gene & Francesca ao redor do mundo que uma música folclórica russa adaptada para o inglês feita por esta dupla, a famosa Those Were The Days, chegou aos ouvidos de Paul McCartney que posteriormente a produziu para a cantora Mary Hopkins em 1968 e se tornou um sucesso mundial – histórias para um próximo post.

Além deste feito, Gene & Francesca podem ser responsabilizados também por disseminar Meu Limão, Meu Limoeiro pelos Estados Unidos, como conta o compositor e cantor Will Holt em entrevista concedida em 2013 para a revista Portland Monthly Magazine

“Eu estava em Chicago com minha esposa, Dolly, e precisávamos de uma música para a abertura de um night club. Como era um night club e então pensamos que deveríamos fazer uma música divertida. Com uns pauzinhos e uma taça, comecei uma batucada e saiu uma melodia. Era apenas do refrão dessa música. Eu não conhecia a letra. Eu a tinha ouvido primeiro pela dupla Gene & Francesca. As pessoas em volta ouviram e disseram: Isso parece divertido...

Foi assim que Will Holt foi atrás da letra da tal canção divertida que ele tinha ouvido de Gene & Francesca. A tal canção era Meu Limão, Meu Limoeiro e que pouco tempo depois deste fato ocorrido em Chicago viria a se tornar Lemon Tree, uma adaptação em inglês feita pelo próprio Will Holt nos idos de 1957 inspirado na canção de origem brasileira nordestina.

A letra feita por Holt não se trata de uma tradução direta do português para o inglês. Ele a compôs inspirado principalmente pela melodia e pelo estória do limão e o limoeiro. Em sua adaptação, Holt a compôs como se fosse um filho lembrando dos conselhos do seu pai sobre o amor. A letra de Holt faz a todo momento este contraponto do limão comparando-o com o amor: “Lemon tree very pretty, and the lemon flower is sweet, but the fruit of the poor lemon is impossible to eat” (“O limoeiro é muito bonito, e a flor do limão é linda, mas o fruto do coitado do limão é impossível de comer”).

A primeira gravação de Lemon Tree que conseguimos encontrar é de 1961 feita pelo Will Holt, lançada no álbum On The Brink – Live At The Hungry I in San Francisco, disco ao vivo gravado ao lado de sua esposa Dolly Jonah. Nela podemos ouvir o próprio cantor dizer que se trata de uma canção folk brasileira:


Ainda no ano de 1961 o trio folk da região de São Francisco, Califórnia, o histórico The Kingston Trio gravou uma cover de Lemon Tree lançada no álbum Goin’ Places.


Outro trio folk famoso dos EUA, o Peter, Paul And Mary gravaram uma linda versão de Lemon Tree em 1962. Lançado inicialmente no formato EP e, posteriormente, sendo parte do primeiro disco da carreira do grupo, Lemon Tree com Peter, Paul And Mary alcançou a posição 35 da Billboard Hot 100 em Junho daquele ano.


Três anos mais tarde, em 1965, o ótimo e saudoso Trini Lopez (cantor de sucessos como Corazón de Melón, La Bamba e If I Had A Hammer) fez a versão mais exitosa de Lemon Tree. Ela chegou a vigésima posição da Billboard Hot 100 em Fevereiro de 1965 e ficou em segundo lugar da Adult Contemporary Chart da Billboard em Janeiro daquele mesmo ano.


Também de 1965 temos a versão da cantora inglesa Sandie Shaw. Nesta versão, Sandie canta como se fosse a filha ouvindo os conselhos de sua mãe, diferentemente da versão de Holt onde é o filho ouvindo os conselhos paternos.


E em 1966 o The Wailers, grupo que contava com as lendas do reggae Bob Marley, Peter Tosh, Bunny Wailer, Beverley Kelso, Cherry Smith e Junior Braithwaite gravaram Lemon Tree e a lançaram num single de poucas cópias fabricadas. A gravação era dada como muito rara até que em 2000 saiu uma coletânea com as principais gravações dos anos 1960 e 1970 quando o grupo ainda era conhecido como The Wailing Wailers. Entre as raridades lançadas nesta coletânea podemos ouvir a cover de Lemon Tree num estilo bem rocksteady.


Nos anos seguintes surgiram outras regravações, inclusive algumas delas em outros idiomas como italiano, finlandês e hebraico tendo como base esta composição em inglês. 

Como dissemos no início deste post, a composição de Will Holt também foi utilizada em diversos comerciais em várias séries da TV norte-americanas. Um comercial bem famoso foi o da cera de lustrar móveis chamada Lemon Pledge fabricado pela SC Johnson. Veiculado na TV norte-americana no ano de 1966, o jingle adaptou a letra de Lemon Tree para justamente encaixar o nome do produto e de quebra ressaltar suas qualidades.


Outro comercial que marcou época com um jingle baseado na música Lemon Tree foi o do suco em pó de limão de mesmo nome da marca Lipton (Unilever) veiculado durante os anos de 1979 e 1980 nos EUA.


E por fim destacamos uma cena do episódio de Seinfeld onde Jerry sugere a George Constanza cantar Lemon Tree como uma espécie de sinal para avisá-lo que a namorada de George está indo para sala enquanto ele tenta trocar a fita do secretária eletrônica. Relembre o trecho deste divertido episódio em que Lemon Tree é citado:


Infelizmente Will Holt veio a falecer em 2015. Várias mídias norte-americanas como o New York Times e o Washington Post noticiaram sua morte sempre citando o fato de Holt ter sido o pai de Lemon Tree. Apesar destas notas de pesar, ficaram as homenagens e os créditos dados – diferentemente de outros casos em que os compositores tentam esconder suas inspirações. Holt, ao contrário, gostava de ser lembrado mesmo por Lemon Tree e sempre citava sua inspiração brasileira. 

Na mesma entrevista dada a revista Portland Monthly Magazine, quando perguntado sobre “o que faz de uma canção ser tão memorável”, Holt não titubeou e respondeu: “A sua utilização!”. Pois é, quem diria que Lemon Tree e Meu Limão, Meu Limoeiro poderiam dar tantos bons frutos e ter sido tão bem utilizada. E claramente, nessa história com tantas covers, jingles e citações, certamente foi proporcionada uma bela “limonada de cultura” (útil ou inútil, a depender do seu ponto de vista é claro).

Fontes:

TELES, José. Will Holt (1929/2015), o "autor" americano de Meu limão, meu limoeiro - Jornal do Commercio - Disponível em: https://jc.ne10.uol.com.br/colunas/toques/2015/06/05/will-holt-19292015-autor-americano-de-meu-limao-meu-limoeiro - acessado em 25 de Junho de 2022.

WEBER, Bruce. Will Holt, Who Wrote ‘Lemon Tree’ and for the Musical Stage, Dies at 86 - New York Times - Disponível em: https://www.nytimes.com/2015/06/05/arts/music/will-holt-who-wrote-lemon-tree-dies-at-86.html - acessado em 25 de Junho de 2022.

SCHUDEL, Matt. Will Holt, folk singer who wrote 60s hit ‘Lemon Tree’, dies at 86 - Washington Post - Disponível em: https://www.washingtonpost.com/entertainment/will-holt-folk-singer-who-wrote-60s-hit-lemon-tree-dies-at-86/2015/06/06/81e6bb24-0bb6-11e5-95fd-d580f1c5d44e_story.html - acessado em 25 de Junho de 2022.

SARGENT, Colin W. Music Man - Lemon Tree, very pretty, and the story behind it's sweet - Portland Monthly Magazine - Disponível em: https://www.portlandmonthly.com/pdf/LemonTree.pdf - acessado em 25 de Junho de 2022.

PARKER, Rembert N. 1965 Trini Lopez - Lemon Tree - Blog What Was Left In - Disponível em: https://whatwasleftin.blog/2022/01/20/1965-trini-lopez-lemon-tree/ - acessado em 25 de Junho de 2022.

CESTERNINO, Rob. Seinfeld: The Phone Message | Episode #9 Recap - Post Show Recaps - Disponível em: https://postshowrecaps.com/tv-show/seinfeld-the-phone-message-recap-rewatch-podcast/ - acessado em 25 de Junho de 2022.

Buscar por "Lemon Tree (Will Holt song)" - Wikipedia - disponível em: https://en.wikipedia.org/wiki/Lemon_Tree_(Will_Holt_song) - acessado em 25 de Junho de 2022.

Buscar por "Will Holt" - Discogs - disponível em: https://www.discogs.com/artist/292538-Will-Holt?type=Credits&subtype=Writing-Arrangement&filter_anv=0&page=1 - acessado em 25 de Junho de 2022.

Buscar por "Lemon Tree Commercial" - YouTube - disponível em: https://www.youtube.com/results?search_query=lemon+tree+commercial - acessado em 25 de Junho de 2022.

Buscar por "Lemon Tree (Will Hot song)" - Popular Music Wiki Fandom - disponível em: https://popular-music.fandom.com/wiki/Lemon_Tree_(Will_Holt_song) - acessado em 25 de Junho de 2022.

Postar um comentário

0 Comentários
* Por favor, não publique Spam. Todos os comentários são revisados pelos administradores.