Cover History - A origem e as versões da canção Ja-Da, o jingle do Danette cantado por Gustavo Borges


Sabe aquele jingle de comercial que fica na sua cabeça e não sai mais? Você deve se lembrar de pelo menos um jingle assim. Pois bem, um dia desses deixei o celular tocando numa rádio na web chamada Tropicalisima FM dos EUA – que só toca música latina instrumental – e percebi que começou a tocar algo muito "familiar". Quando me dei conta, lembrei-me imediatamente de um famoso jingle e comecei a cantarolar: “Danette, Danone, pronto para comer”. Parei tudo que estava fazendo e fui direto para a página da Tropicalisima FM para ver qual era o título da música e quem era o artista que estava tocando…

Mas antes de revelar a música e o artista original e as versões, vamos relembrar o famoso comercial do creme de chocolate Danette da empresa Danone. Este comercial era estrelado pelo nadador e medalhista olímpico Gustavo Borges. O filme criado pela agência Y&R (Young & Rubicam), e que foi ao ar em 2003, começava com a pergunta de um garoto: “Como se alimenta um campeão?”. Em seguida, aparecia o carismático nadador cantarolando: “Danette Danone, pronto para comer” comendo é claro vários potinhos da sobremesa láctea.

Naquela época, medalhistas olímpicos eram praticamente midas da propaganda – tudo que eles “tocavam” vendiam muito mesmo. Além disso, Gustavo Borges sempre foi muito simpático e bem afeiçoado, uma unanimidade como pessoa e atleta bem sucedido. Ele era o garoto propaganda certo para alavancar as vendas do Danette. O comercial e o jingle ficaram tão famosos que muitas pessoas hoje com mais de 30 ou 40 anos de idade com certeza se lembram da musiquinha. Se você não viu ou não se lembra, relembre aqui:


Como disse anteriormente, foi ouvindo rádio no celular que descobri a origem do famoso jingle. Revelando agora, esse jingle do Danette foi totalmente baseado na canção intitulada como Ja-Da (Ja-Da, Ja-Da, Jing Jing!), escrita pelo compositor inglês Bob Carleton em 1918 (quem diria que a inspiração para um jingle veio de uma canção centenária?). 

Curiosamente a letra de Carleton fala justamente sobre a questão da música ser pegajosa, mesmo tendo poucas palavras. Inclusive, a letra de Ja-Da também faz uma referência aquela brincadeira conhecida como "a tisket a tasket" que são aquelas palavras ou rimas inventadas pelas crianças que não possuem significado mas que acabam virando cantigas que não saem de nossa memória nunca. 

Uma das primeiras gravações feitas e que mantém a letra e música original de Carleton foi gravada por Arthur Fields em 1919. Ouvindo a gravação de Fields nos primeiros versos certamente não dá para perceber a relação com o comercial. Porém, ao chegar no refrão de Ja-Da logo é quase impossível dissociá-la do jingle. 


Ao longo dos anos Ja-Da ganhou muitas adaptações. Ela virou praticamente um jazz standard gravado por muitos artistas durante as décadas de 1930 e 1940 nos EUA. Uma das mais famosas é a versão de Leo Watson And His Orchestra, do cantor, trombonista e baterista de jazz Leo Watson feita em 1940. A sacada de Watson foi focar totalmente na parte do refrão de Ja-Da, colocando parte dos primeiros versos da canção sempre após o refrão.


Outra famosa versão de Ja-Da foi feita pelo cantor, ator, e trompetista norte-americano Louis Prima em 1950. O "Rei dos Swingers" – como era conhecido Prima – gravou uma versão muito parecida com a adaptação feita por Leo Watson porém um pouco mais lenta.


Mas a que ouvi no rádio e que me levou a descobrir a origem do jingle é uma cover instrumental feita pelo grupo Johnny & The Hurricanes em 1961. O Johnny & The Hurricanes era grupo que só fazia rock instrumental. Liderado pelo saxofonista Johnny Paris, fez um enorme sucesso no início dos anos 60 com a música Red River Rock, uma adaptação da música folclórica Red River Valley. A cover do grupo teve a grafia do título alterada de "Ja-Da" para "Jada" sem o hífen – que pode ter sido uma tentativa de bular o pagamento de direitos autorais ao compositor original.

Podemos notar que a versão instrumental do Johnny & The Hurricanes foi a que de fato inspirou os compositores do jingle do comercial do Danette, mas infelizmente em nossas pesquisas não pudemos comprovar. Contudo basta ouvir o jingle e essa cover para termos uma prova real. 


Acreditamos que muitas vezes os criadores de jingle não revelam suas fontes para justamente não terem que pagar royalties. Ou ainda, se utilizam de músicas de domínio público para adaptações pois assim não precisam pagar os direitos autorais. 

E eu que sempre achei que esse jingle do Danette fosse 100% autoral. Não que o jingle não tenha sua criatividade e sacada próprias. Mas é que nem tudo é tão original como se apresenta. 

Pesquisando mais e mais sobre a origem deste "merchan", descobri sem querer que a inspiração do comercial do Gustavo Borges veio da Itália. Pois é, para minha surpresa a Danone na Itália em 1999 já tinha veiculado um comercial parecidíssimo (para não falar idêntico) onde o jogador de futebol Filippo Inzaghi, na época atuando como atacante da Juventus canta o mesmo jingle em italiano. Por lá ficou assim:


Vale lembrar que a gigante empresa de alimentos foi patrocinadora "master" do time italiano na primeira metade da década de 90 - com direito a logo estampado na parte frontal da camisa. E já no final dos anos 90, mesmo não sendo mais a "master", a Danone continuava a patrocionar o Juventus. Por isso a escolha de Filippo Inzaghi como garoto propaganda.

Portanto, concluimos que o comercial brasileiro é uma versão do comercial italiano. E mais uma vez a lei de Lavoisier pode ser aplicada aos jingles publicitários: “no mundo dos jingles nada se cria e nada se perde, tudo se transforma”.

Fontes:

Busca por "Ja-Da (Ja-Da, Ja-Da, Jing Jing!)" - Wikipedia. Disponível em: https://en.wikipedia.org/wiki/Ja-Da - acessado em 22 de Janeiro de 2022.

Busca por "Ja-Da (Ja-Da, Ja-Da, Jing Jing!)" - Discogs. Disponível em: https://www.discogs.com/search?q=Ja-Da+%28Ja-Da%2C+Ja-Da%2C+Jing+Jing%21%29&type=all - acessado em 23 de Janeiro de 2022.

Busca por "Bob Carleton" - Wikipedia. Disponível em: https://en.wikipedia.org/wiki/Bob_Carleton - acessado em 22 de Janeiro de 2022.

Acesso a playlist da rádio Tropicalisima FM. Disponível em: https://onlineradiobox.com/us/tropicalisimainstrumental/playlist/?cs=us.tropicalisimainstrumental - acessado em 22 de Janeiro de 2022.

PARAIZO, Danúbia. Como se alimenta um campeão? Gustavo Borges responde em jingle - Propmark. Disponível em: https://propmark.com.br/como-se-alimenta-um-campeao-gustavo-borges-responde-em-jingle/ - acessado em 22 de Janeiro de 2022.

Postar um comentário

0 Comentários
* Por favor, não publique Spam. Todos os comentários são revisados pelos administradores.