0481 - Spider-Man - Ramones [1995]


Quem nunca tentou cantar os versos "Spider-man, Spider-man, does whatever a spider can" só de ver a imagem do Homem-Aranha na telinha ou na telona. Pois é, a canção original da música tema de Homem-Aranha se tornou um ícone geek que surgiu com a clássica série de desenhos animados para a TV baseado nas histórias em quadrinhos do herói aracnídeo da Marvel produzidos durante os anos de 1967 até 1970.

O desenho teve sua transmissão original pela emissora norte-americana ABC. Aqui no Brasil teve sua veiculação inicial pela Rede Bandeirantes em 1968 e posteriormente pela Rede Globo a partir de 1971.

O tema original foi criado pelo músico J. Robert “Bob” Harris, com letra de Paul Francis Webster. Bob Harris não era muito conhecido, embora antes de ter os créditos pela música tema do super-herói da Marvel ele tenha feito parte do time de compositores do tema original do filme Lolita de 1962 dirigido por Stanley Kubrick. Já Paul Francis Webster era um letrista renomado. Naquela altura de sua carreira, Paul Webster já tinha ganhado 3 Oscars de Melhor Canção Original: com “Secret Love” do filme Jane Calamide de 1953, "Love is a Many-Splendored Thing" do filme Suplício de uma Saudade de 1955 e “The Shadow of Your Smile” do filme Adeus às Ilusões de 1965.

Em 1967, a produtora canadense Grantray-Lawrence Animation, responsável pelos desenhos animados de vários heróis da Marvel para a TV, recrutou Bob Harris e Paul Francis Webster pois queriam fazer um trabalho "rápido e de baixo custo” para os desenhos do Homem-Aranha. 


O filho de Webster, Guy, que cuidava dos negócios do pai na época, em entrevista da dada ao site The Film Music Society lembrou da produtora ligando e perguntando "quanto custaria para seu pai escrever uma música tema para o Homem-Aranha?" E o jovem Guy estava cético porque a oferta era de apenas US$ 5000,00. Contudo, apesar do baixo valor, o negócio com a produtora foi fechado com a condição de que tanto Bob e quanto Paul controlassem os direitos de publicação e comercialização da música.

Guy se lembrou que seu pai escreveu a letra em menos de 1 hora: "Era tão simples para ele. Ele leu o roteiro, e sobre o tal sangue radioativo e todas aquelas coisas. Ele tinha um ótimo senso de humor. Ele usou tudo isso na letra.” 

Ouçam aqui a canção original do cartoon veiculado na TV americana e que se tornou praticamente uma marca registrada de Homem-Aranha: 


Confiram também a versão do tema em português (infelizmente não encontramos o autor da letra adaptada, porém sabemos que toda a dublagem inicial do desenho de 1967 ficou a cargo do estúdio Rio-Som).


Quanto a composição musical feita por Bob Harris, não encontramos em nossas buscas um relato do compositor ou de qualquer outra pessoa próxima explicando de onde veio a sua inspiração. Tudo o que sabemos é que o tema de Homem-Aranha tem uma sonoridade muito parecida com duas músicas de dois monstros sagrados do jazz: Charles Mingus e Dave Brubeck


A música Boogie Stop Shuffle de Charlie Mingus lançada em 1959 pode ter servido como base para o arranjo de Harris. Inclusive anos atrás circulou um boato na internet que a semelhança se dava pelo fato do baixista que tocou na banda de Charles Mingus ter participado também da gravação da música tema de Homem-Aranha, fato que foi desmentido. Já a música composta por Dave Brubeck, a Bru's Boogie Woogie de 1961 também possui uma levada muito parecida com música e com certeza "inspirou" Bob Harris ao compor a música para o super-herói aranha. Quando a ouvimos pela primeira vez é impossível não notar grandes semelhanças.

Segundo matéria publicada pelo blog da rádio norte-americana WFMU, era muito comum que os desenhos animados da década de 60 e 70 tivessem como músicas de fundo (ou background music) músicas de bandas de jazz ou orquestras que produziam as chamadas "stock music". As "stock music" eram músicas genéricas que não tinham os créditos de quem a compôs. Além disso, eram músicas de baixo custo, utilizadas inicialmente para filmes de cinemas de baixo orçamento e, posteriormente, em anúncios de rádio e televisão. Bob Harris utilizou muitas "stock music" para os episódios da série clássica de Homem-Aranha quando trabalhou em conjunto com a equipe da Grantray-Lawrence Animation. Foi a forma encontrada para minimizar os custos de produção.

Desta forma, há fortes indícios que a Grantray-Lawrence Animation, por ter sido uma produtora que possuía pouco dinheiro em caixa, juntamente com Bob Harris terem omitido propositadamente os créditos a Charles Mingus e Dave Brubeck na música tema de Homem-Aranha para não pagar royalties.

Ouçam as músicas de Mingus e Brubeck e percebam as semelhanças com a composição de Bob Harris:  



Resumindo a história, o trabalho rápido e de baixo custo acabou se tornando um negócio milionário e muito lucrativo. Na mesma entrevista dada por Guy Webster, ele comentou que “qualquer um que queira usar o tema deverá fazer um novo acordo”. Ele disse ainda que “quando os filmes apareceram, eu e a família de Harris éramos detentores de todos os direitos sob a música, e a produtoras tiveram que negociar com a gente, até mesmo para a venda de brinquedos licenciados, porque alguns dos brinquedos tinham a música do Homem-Aranha embutida.”

Menos lucrativo talvez, mas não menos memorável, é a cover feita pelos Ramones para música tema de Homem-Aranha. A cover surgiu graças ao projeto Saturday Morning: Cartoon’s Greatest Hits lançado em 1995 pela gravadora MCA Records

O super poder da nostalgia, que nenhum outro super-herói possui nunca pode ser subestimado. São tantas as pessoas que possuem memórias profundamente arraigadas no fato de correr para frente da TV aos sábados pela manhã ou aos finais de tarde durante a semana nos anos 1970, quando estes eram os “horários nobres” dos desenhos animados, que simplesmente só trazem sentimentos positivos e ótimas lembranças indestrutíveis. Em posts passados nós relembramos aqui mesmo no 1001 Covers todas as músicas que compõe essa maravilhosa coletânea que faz a gente recordar de um tempo muito bom!

É preciso salientar que o produtor executivo Ralph Sall fez um ótimo trabalho combinando cada música tema com os artistas que as iriam tocar na coletânea. A escolha da lendária banda punk nova-iorquina para gravar a cover da música tema de Homem-Aranha talvez tenha sido uma das poucas que Ralph Sall não teve influência e nem teria como negociar uma “troca”. Gravar a música do super-herói aracnídeo era de fato uma escolha importante para os Ramones. E isto se tornou muito evidente quando a banda decidiu colocar esta cover como a última faixa do último álbum de carreira da banda, o ¡Adios Amigos! de 1995.

Por trás desta decisão, há uma ligação forte entre Joey Ramome, o líder dos Ramones, e os desenhos...


A maioria das pessoas pensam sempre no frontman Joey Ramone como um cara alto, magro e uma imagem de “homem forte” da banda. Sua postura de certa “imposição” perante o pedestal do microfone, exibindo sua calça Levi's rasgada, vestindo sua jaqueta de couro preta, óculos escuros e cabelos longos arredios escondia por trás um homem muito tímido.

Como aprendemos mais tarde no livro de Legs McNeil e Mickey Leigh, “I Slept with Joey Ramone”, Joey se superou em muito para ser esse frontman. Ele sempre foi muito doente e permaneceu assim por grande parte da vida. Joey além de tímido, era bastante recluso e solitário. Suas crises de transtorno obsessivo-compulsivo eram conhecidas, mas poucos sabiam desta sua batalha e de seu diagnóstico de esquizofrenia paranoica. Apesar de tudo, a música o ajudou superar estes obstáculos e assim ele se tornou um ícone punk adorável e influente. Mas os desenhos animados também tiveram um papel importante nesta superação.

Joey falou muitas vezes de seu amor pelos desenhos (algo que ele compartilhava nostalgicamente com os integrantes da banda). Ele até mesmo detalhou um pouco deste seu amor no encarte da coletânea Saturday Morning. Lá ele contou que quando criança gostava de pular da cama no sábado de manhã e se ajeitar em frente da TV. Sua mãe sempre dizia “Senta direito, arruma essa sua postura!” e o próprio admitiu mais tarde: “eu deveria ter escutado minha mãe.” Ele se lembrou de como gostava de assistir não só Homem-Aranha como também Os Jetsons e uma série de outros desenhos animados.


Esta cover apareceu mais três vezes na carreira da banda (no disco Greatest Hits Live de 1996, no box Weird Tales of the Ramones de 2005 e no disco que fez o registro do último show ao vivo, o We’re Outta Here! também de 1996). Além disto, esta cover foi utilizada no game Guitar Hero, no filme Malucos por Natureza (em inglês Bio-Dome) e até mesmo em comerciais de brinquedos do Homem-Aranha na Austrália.

Se os Ramones ganharam menos "din-din" com a cover que as famílias Harris e Webster, por outro lado eles ganharam muito mais em termos de reconhecimento, apreço e, acima de tudo, amor dos fãs tanto de suas músicas, quanto dos fãs de desenhos e quadrinhos. Além desta cover viver no YouTube, certamente ela vive nas memórias e nos corações de diversos fãs ao redor do mundo.


Fontes:

MOORE, Chuck. That Time With The Ramones And Spider-Man And Archie - Complete Set

KLIPH, Nesteroff. The Music Everybody Loves! Everybody Wants! Nobody Has! - Blog da rádio WMFU
Disponível em: https://blog.wfmu.org/freeform/2007/01/the_music_every.html - acessado em 17/10/2021.

BURLINGAME, Jon. Doing Whatever A Spider Can! - The Film Music Society

Autor Desconhecido. Homem Aranha (Spider Man – 1967) - InfanTV
Disponível em: https://infantv.com.br/infantv/?p=3235 - acessado em 17/10/2021.

Autor Desconhecido. Abertura e trecho do desenho original do Homem-Aranha - Retro TV

SABBAGA, Julia. Homem-Aranha: a história e as versões do tema clássico do herói - Omelete

ENCICLOPEDIA, Menina. Cover Records - Saturday Morning: Cartoon's Greatest Hits - Vários Artistas [1995] - 1001 Covers

CARAMES, Paulo. LP/CD/VHS Saturday Morning (Cartoons’ Greatest Hits) 1995 - Sequela Coletiva

Busca por “Spider-Man Theme Song” no site Wikipedia
Disponível em: https://en.wikipedia.org/wiki/Spider-Man_(theme_song) - acessado em 17/10/2021.

Busca por “Spider-Man Theme Song” no site Song Facts
Disponível em: https://www.songfacts.com/facts/various/spider-man-theme - acessado em 17/10/2021.

Busca por “Saturday Morning: Cartoon’s Greatest Hits” no site Wikipedia

Postar um comentário

0 Comentários
* Por favor, não publique Spam. Todos os comentários são revisados pelos administradores.